Como fazer declaração imposto de renda pessoa fisica

Anualmente pessoas que recebem um valor dentro da tabela de declaração do imposto de renda são obrigados a contribuir com o IRPF, para isso tem que estar por dentro de muitas informações como datas de pagamento e restituições.

Muitas pessoas vão contribuir pela primeira vez e pensam que é muito complicado fazer contribuição de IRPF, mais é um procedimento simples que pode ser feito de casa sem ter que contratar trabalhos de profissionais.

Tem o programa Sicalc que foi projetado especialmente para facilitar a declaração de imposto, assim basta jogar as informações no programa e enviar para a Receita Federal, então confira a matéria sobre declaração de IRPF.

O que é Imposto de Renda?

O Imposto de Renda para Pessoa Física é um valor cobrado todos os anos, sobre os cidadãos que atingem uma determinada quantia de rendimento. Desse modo, em todos os anos, o IRPF estabelece uma determinada quantia para o valor piso a ser vigente.

Dessa forma, os cidadãos que estiverem dentro daquele valor, terá que realizar uma contribuição proporcional ao seu valor.

Assim, quanto maior for a renda do brasileiro, mais alta será a taxa de pagamento são as alíquotas IRPF 2020. Portanto, é sempre preciso ficar de olho nas tabelas de alíquotas liberadas pela Receita Federal.

Afinal, será por meio delas que o contribuinte saberá quanto deverá pagar ao Governo este ano por meio de seu Imposto de Renda.

programa SICALC para declarar Imposto de Renda

Criado pela Receita Federal, o Sicalc é um programa que vem facilitando a vida de todo o empreendedor brasileiro. Isso por que ele ajuda a colocar todas as contas e pendências com o governo em dia.

Por meio deste programa, a empresa também consegue tem mais facilidade na emissão de documentos de cobranças ou tributos emitidos pela Receita Federal. Esse programa IRPF 2020 calcula automaticamente acréscimos legais de períodos de apuração estipulados pela Receita.

Para utilizar este programa, é necessário que o usuário informe os dados de casa período desejado, e, assim, o sistema calculará automaticamente os juros e multas incidentes de acordo com as datas informadas.

Entenda a DIRPF

Com a chegada de mais um ano novo, vem novamente o período de prestação de contas com o Fisco. Entre as declarações mais comuns, está a DIRPF.

Mas por incrível que pareça, muitas pessoas ainda não sabe do que se trata a DIRPF 2020. A sigla significa “Declaração Anual do Imposto de Renda sobre a renda da Pessoa Física”.

Sabemos que a cada mês do ano, os contribuintes antecipam o recolhimento do IR sob a forma de Imposto de Renda Retido na Fonte ou sob a forma de Carnê-Leão.

Para que a Receita Federal possa verificar se o total do IR antecipado desde janeiro até o mês de dezembro é suficiente para quitar o imposto de renda devido no ano, é necessário que o contribuinte entregue o DIRF.

Restituição imposto de renda

A restituição Imposto de Renda 2020 é concedida aos trabalhadores que pagarão valor à mais de imposto.

O caso é muito comum com assalariados que descontam a contribuição ao IPRF em sua folha de pagamento.

A Receita analisa todas as declarações, e conforme identifica muitas deduções, inclusão correta de despesas e ganhos, vai concedendo descontos ao contribuinte. No fim das contas, o trabalhador acabou pagando mais que deveria.

Por tanto, este valor funciona como um “troco” para aqueles que têm direito. Seguindo a taxa Selic o pagamento pode ser reajustado. A restituição é depositada diretamente na conta bancária do contribuinte.

São 7 lotes para pagamento, priorizando aqueles que entregaram a declaração com antecedência e o público idoso, com idade superior a 60 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *